Não é segredo para ninguém que a arte está sempre fazendo releituras do antigo, trazendo um ar nostálgico com toques de modernidade para diversos setores, como, a moda e a arquitetura. 

Em todo projeto é importante considerar a estética desejada, uma vez que enquanto algumas pessoas querem explorar o minimalismo, outras têm interesse em enriquecer o ambiente com personalidade. 

Hoje falaremos sobre o segundo caso e viajaremos no universo da decoração retrô, um dos estilos mais amados por pessoas que não tem medo de ousar. Vamos lá? Continue lendo! 

O que é uma decoração retrô?

Sabe aquele ambiente que a pessoa entra e tem a sensação que foi teletransportada para uma década diferente? Pois é, provavelmente esse local usava uma decoração retrô. 

Frequentemente, essa estética usa os anos 50, 60, 70 e 80 como base para criação de seus móveis, artefatos decorativos e eletrodomésticos, porém ao invés de encontrar esses itens em brechós, eles podem ser vendidos normalmente em lojas, pois são uma versão atualizada do passado. 

Qual diferença entre decoração retrô e vintage?

Afinal, existe alguma diferença entre a estética retrô e a vintage? Sim! Apesar de ambas seguirem, até certo ponto, a mesma linha de pensamento em relação à aparência, elas se divergem quando o assunto é definição.  

Enquanto o primeiro é um estilo de decoração que somente faz referência ao passado por meio do design de suas recriações, o segundo realmente usa peças que foram fabricadas em determinada década, ou seja, itens que foram lançados em outra época, possuem marcas de uso, porém ainda são de alta qualidade. 

Quais são as características da decoração retrô?

Assim como qualquer outro estilo, esse também possui certas características responsáveis por determinar se um espaço é retrô ou não. Entre os elementos temos: 

  • Cores vibrantes tanto em paredes quanto em artefatos e eletrodomésticos; 
  • Estampas florais, geométricas e xadrez em papéis de parede; 
  • Móveis com pés de palito; 
  • Mescla de diferentes texturas, como, plástico e veludo; 
  • Ladrilhos em diversos ambientes; 
  • Móveis com linhas retas. 

5 dicas de como usar o estilo retrô em diferentes ambientes

Gostou dos elementos que compõem a decoração retrô? Ótimo, pois agora te ensinaremos como usar essa estética em diferentes cômodos da sua casa! 

1. Quarto

Uma forma eficiente de usar esse estilo de décor é por meio de quadros, uma vez que é possível transitar entre diferentes eras da arte, trazendo a nostalgia para seu local de descanso. 

A parte divertida de decorar um quarto seguindo essa estética é o leque de possibilidades. Em relação às cores, aposte em colorações quentes, como vermelho, laranja e amarelo, lembrando sempre de combiná-las com seus tons complementares, ou seja, azul, verde e roxo. 

Você pode explorar todas essas combinações por meio de papéis de parede, itens decorativos, assim como móveis. Liberte-se do padrão esperado para decoração e se divirta no processo de escolher os enfeites para seu espaço.  

Fonte: Pinterest — Shelterness

2. Sala de estar

Você já deve ter ouvido alguém falar que “menos é mais”, certo? No entanto, isso não é verdade quando o assunto é decoração retrô. 

Esse estilo abre as portas para experimentar diversas cores em móveis como sofás, poltronas, estantes e mesas de centro. Caso não saiba por onde começar, use o círculo cromático ao seu favor para aprender quais são as melhores combinações. 

Outro ponto para prestar atenção é em relação ao design de seus itens, pois eles devem ser uma releitura do antigo, porém com alguns detalhes modernos. Por exemplo, ele pode expressar modernidade, porém a nostalgia deve estar presente em alguma parte, como nos pés que devem ser no modelo palito. 

Além disso, as peças de tapeçaria podem te ajudar muito durante a harmonização desse local, visto que exploram estampas divertidas que te transportam para outras décadas. 

Esse é o caso do tapete Rocks que trabalha o verde, o vermelho e o creme com formato irregular para fornecer sofisticação e elegância ao local. 

3. Banheiro

Esse é um cômodo que muitas pessoas normalmente não colocam em seu projeto de design de interiores, tendo em vista que não são tão frequentados. 

Entretanto, é possível determinar uma personalidade para esse ambiente e proporcionar bem-estar e conforto para os momentos que estiver lá. Para isso, aposte em cores vibrantes para a parede, use ladrilhos e iluminação indireta, assim como quadros e plantas. 

Fonte: Pinterest — Tudo Decora

4. Cozinha

Ah, a cozinha… Não existe um cômodo que evoque mais nostalgia do que esse. A decoração retrô para esse espaço é composta pela harmonização entre cores vibrantes e móveis que remetem a sua infância. 

Outro fator que facilita a hora de decorar é que várias marcas têm investido cada vez mais em eletrodomésticos que são uma releitura dos anos 60 e 70, sendo uma ótima maneira de enriquecer e realçar a beleza de forma autêntica. 

Fonte: Pinterest — Viva Decora 

5. Sala de jantar

Por fim, apresentaremos estratégias de decoração para a sala de jantar. Esse cômodo é responsável por garantir tempo de qualidade entre família e amigos, portanto, o seu projeto deve ser acolhedor e confortável. 

Se estiver com medo de ousar com as cores, aposte em móveis diferentes com pé de palito e cristaleiras de madeira que possuem algum detalhe retrô em seu design. 

Aprenda também como escolher tapete para sala de jantar! 

Fonte: Pinterest — Histórias de casaEsperamos que tenha gostado de saber um pouco mais sobre a decoração retrô. Aproveite e confira também nosso conteúdo sobre como lavar tapete. Até a próxima!

Categorias: Blog

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *